domingo, 22 de abril de 2018

Dez fatos sobre o feijão-borboleta

Texto:

Giovanna Brito Lins - Graduanda em Ciência e Tecnologia e Ciências Biológicas na Universidade Federal do ABC 
Marcos Roberto Furlan - Engenheiro Agrônomo - Professor - Faculdade Cantareira/Unitau 
Virgínia Vieira Santos Silva - Graduanda em Engenharia Agronômica - Faculdade Cantareira

De lindas flores azuis, a Clitoria ternatea L. é cultivada como forrageira, ornamental, medicinal e comestível, sendo mais conhecida pelo nome de feijão-borboleta.

É uma trepadeira perene. Floresce em quase todos os meses do ano no Brasil e desenvolve-se muito bem em pleno sol. Necessita de outra planta ou estrutura onde possa se apoiar e, com este suporte pode atingir até 4 m de altura. 

É considerada uma “planta de companhia”, auxiliando no crescimento e no desenvolvimento de outras plantas de maior interesse de cultivo, característica esta que lhe confere, ainda, o uso em áreas de recuperação ambiental, por exemplo. 
10 usos e curiosidades sobre o feijão-borboleta 

1. Originária de regiões da Ásia Tropical. É também conhecida como ervilha-borboleta, butterfly pea, campanilla, rainha-azul, ismênia, cunhã, clitória ou palheteira; 

2. É encontrada em diversas regiões da América do Sul, África e Austrália. 

3. Pertence à Família Fabaceae, a mesma do feijão, ervilha, soja, dentre outras 

4. Por não ser de consumo habitual entre a população como alimento, é considerada uma PANC (Planta Alimentícia não Convencional). Suas flores, folhas e vagens são comestíveis. Podem ser consumidas em saladas, geleias, gelatinas, sucos, chás, sopas, sorvetes, patês, arroz, tapioca. 

5. Também na alimentação, o feijão-borboleta é utilizado como um corante natural, dando o tom azul intenso, resistente ao cozimento.

5. Suas infusões possuem antocianina, que lhe conferem a coloração azul e podem ser utilizadas como indicadores de pH, uma vez que em contato com substâncias ácidas, a cor passa a ser rosada.

6. A planta está, culturalmente, associada à figura feminina: “Cunhã”, em tupi, quer dizer “mulher”. “Ismênia” é uma variação de “Ismeno”, que é o nome de um rio situado na região da Beócia, na parte central da Grécia, o qual, acordo com a mitologia, era onde se banhavam as ninfas Ismênides, que representavam as forças vivas da natureza, além de ser nome da filha de Édipo, outro personagem mitológico. O nome do gênero (Clitoria) faz referência à semelhança morfológica com o clitóris. 

7. Se adapta bem em diversos de ambientes e tipos de solos

8. É uma planta fixadora de nitrogênio no solo.

9. Em usos medicinais, pode ser utilizada em tratamento de infecções de garganta e olho, febre, indigestão, estresse e fortalecimento da memória. 

10. Feijão-borboleta é rico em fitoquímicos/fitonutrientes. A infusão das flores é hepatoprotetora e antidiabética. O suco é usado para curar picadas de insetos e doenças de pele. 

Referências 

DURANTE, Stéphanie. Conheça as PANC - plantas alimentícias não convencionais. 1. Disponível em: <https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Paisagismo/noticia/2017/08/o-futuro-pertence-panc.html>. Acesso em: 15 abr. 2018. 

Fact sheet: Clitoria ternatea. Disponível em: < http://www.tropicalforages.info/key/forages/Media/Html/entities/clitoria_ternatea.htm> Acesso em: 19 abr. 2018 

FIGUEIREDO, N. Clitória: a flor corante e suas curiosidades!. Disponível em: <http://nofigueiredo.com.br/clitoria-a-flor-corante-e-suas-curiosidades/> Acesso em 19 abr. 2018 

FITOQUÍMICOS: O que é fitoquímico?. Disponível em: <https://www.copacabanarunners.net/fitoquimicos.html>. Acesso em: 15 abr. 2018. 

G. MARCELINO, Dianes. Feijão-borboleta ou Cunhã, curiosidades e propriedades medicinais. . 1. Disponível em: <http://www.naturezaeconservacao.eco.br/2017/11/feijao-borboleta-ou-cunha-curiosidades.html>. Acesso em: 15 abr. 2018. 

REIS RANIERI, Guilherme. Guia Prático de PANC (Plantas Alimentícias não Convencionais) . 1. ed. São Paulo: Instituto Kairós, 2017. 44 p. v. 5. 

SISTSP [Banco de Plantas Notáveis] Projeto Tudo Sobre Plantas - Brasil. 1. Disponível em: <https://www.tudosobreplantas.com.br/asp/plantas/ficha.asp?id_planta=22831>. Acesso em: 15 abr. 2018.